Journée du 8 Mars/ La diplomatie au féminin

12 Março, 2018
|

Le DN a publié le témoignage des 21 ambassadeurs femmes au Portugal sur les Droits des Femmes

 

Dont celui de Madame Selmane, Ambassadeur d’Algérie  :

« Os direitos das mulheres na Argélia registaram um avanço considerável após a independência do país, graças à consagração pela Constituição da igualdade de direitos entre homens e mulheres, à igualdade de salários para o mesmo emprego e, sobretudo, a uma política educativa baseada na escolaridade em massa das raparigas, permitindo-lhes assim o acesso a todos os domínios da vida política, económica e cultural. Assim, quer seja no governo, no Parlamento, na diplomacia, nas forças armadas, as mulheres estão presentes, sendo a maioria na saúde, na educação e an justiça. Mérito, em particular, do presidente da República atual, Abdelaziz Bouteflika, que esteve na vanguarda da paridade entre homens e mulheres lutando para que a mulher argelina tivesse um papel preponderante na vida do país e garantindo, nomeadamente, a adoção de medidas jurídicas destinadas a proteger as mulheres de todo o tipo de violência